Carne de Frango: UFs exportadoras nos cinco primeiros meses de 2014

30/06/2014

Sob o ponto de vista das Unidades Federativas e/ou das Regiões participantes do processo, as exportações brasileiras de carne de frango seguem sem maiores alterações, com o Paraná e a Região Sul liderando receita cambial e volume exportado (respectivamente, 31,15% e 73,24% do volume total).

Notar, de toda forma, em relação às duas UFs líderes, que enquanto o volume exportado por Santa Catarina é 21,24% menor que o do Paraná, sua receita cambial é apenas 3,27% menor. 

Isso decorre do fato de as exportações catarinenses estarem representadas por itens de frango com maior valor agregado. Tanto que seu preço médio nesses cinco meses ficou quase 23% acima do registrado pelo Paraná.

Tais resultados, de toda forma, não significam que esta ou aquela UF tem melhor desempenho do que outra. Os grandes (e poucos) exportadores estão presentes em diversas unidades federativas. Assim, os resultados alcançados não são mérito das UFs e, sim, mera questão de logística das empresas exportadoras.

 

Fontes: AviSite/Secex/MDIC.


Compartilhe